31 de dezembro de 2014

TEU PERFUME





Teu Perfume


Da fusão dos nossos dois corpos,
apenas vestidos pelas nossas peles,
celebrámos a vida,
no meio das labaredas da paixão...

Vontades em combustão, 
orvalhadas as peles,
no remanso do abraço retemperador,
ficou-me no corpo o teu perfume 
que me recorda as veredas
onde cresce a Madressilva
e os canteiros da adolescência
onde floresce o alecrim e a alfazema 
com laivos de jasmim em olorosa trepadeira...

Hamilton Afonso