30 de julho de 2015

NOITE DE AMOR

 
 

Noite de amor

 
Tudo começou no meu colo
onde te sentaste seduzindo-me
com o foco encandeante do teu olhar
e a luminosidade do teu sorriso
convidando-me ao namoro
com as minhas mãos a corresponderem
ao convite das tuas...

Lábios entreabertos, convidando ao beijo salivado
línguas em frenesim sorvendo o aroma
de duas bocas sequiosas do desfrute do mel e da fruta

Afastadas as palavras, serenamente, sem pressas
corpos despojados de roupas, a magia da química
fez o resto em exploração de cada milímetro dos dois corpos
em fusão, peles ardendo na fogueira do desejo,
no perfume da paixão...

Exaustos o sono colheu-nos nos braços um do outro
e foi em laço que acordamos serenos
e com sinais em ambas as peles que por elas tinha
passado o diamante do amor, deixando as marcas
da volúpia e da intensidade do amor entre duas almas
que se pertencem...
 
 
Hamilton Ramos Afonso