11 de dezembro de 2015

POSSO DIZER




Posso dizer...


Agora posso dizer que existo fora de mim,
confirmei-o no intenso brilho dos teus olhos,
onde li o desejo de dois fazermos um, 
transformando um par num número primo...
...o número primo fundamental
que confirma a existência do princípio sagrado do amor: 
a união de almas num longo laço de afecto...

Agora sei que de novo me posso dividir
e fazendo-o multiplico-me em gestos 
que levam neles almofadas prenhes de ternura e carinho...
...em busca da tua alma para que ela as apresentem
e deite-se com a minha celebrando as bodas da fusão 
numa só...
...enlaçadas num amplexo perfumado...

Hamilton Ramos Afonso