29 de abril de 2018

QUERO MAIS




Quero mais


Quero mais um desejo teu
que me faça recordar
o tempo que teima em passar,
que me eleve e me transporte
estrada fora, até ao mar,
e, numa dor que eu suporte,
me faça perder o norte
e teu corpo me deixe alcançar.
Quero mais um sonho teu
que me faça sobrevoar
as dunas calmas do olhar
e me deixe, docemente, envolver
pela brisa do meu navegar
vendo, ao longe, o sol nascer,
e com ele o teu leve respirar.
Quero mais um beijo teu
mesmo que seja em pensamento
quero sentir o som do vento
e, no rosto, o seu soprar
largar as amarras do tempo
partir sem rumo e sem lar
deixando, ao sabor do momento,
a mais bela forma de amar.
Quero tudo e quase nada
daquilo que me podes dar
quero a voz e o silêncio,
a escuridão e o olhar,
quero o som e a melodia
de uma gaivota a voar,
quero o corpo, quero a vida,
quero a alma mais sentida
que o teu peito me pode ofertar 
e com tanto querer, com fervor,
quero que deixes, dançando, no ar,
a mais bela forma de amor
que alguém poderá inventar!...

Mário Filipe Neves