1 de abril de 2017

HOJE QUERIA SOMENTE




HOJE QUERIA SOMENTE


hoje queria somente ter o encontro permanente com o teu corpo
a liberdade de uma respiração profunda e permanecer em ti para sempre
deitada nas sombras das nuvens e voar com a minha mente ausente só sonhar, sonho permanente
onde pudesse caminhar correr e permanecer como tinta que nem saisse com diluente
somente ficar a escutar teu bater de coração urgente, troteado apressado de quem vive a liberda... de presente
nas asas de um pássaro no rastear de uma víbora nas areias desenhadas nossas peugadas
no teu chão ficar completamente como se nada mais existisse e fosse tudo da gente
uma gota de água doce delimitada por água salgada, teu corpo