20 de fevereiro de 2016

AMAR É QUERER TER ASAS E SOBREVOAR


Art by Willem Haenraets


AMAR É QUERER TER ASAS E SOBREVOAR


Amar é perceber as curvas do teu olhar;
Dedilhar toda a tua alma e beijar tua pele;
Descobrir poro a poro o doce aroma a mel;
Inventar as estrelas até ao céu e voar;

Espelhar o teu corpo de anil luar;
Povoar o coração de olor impar;
Acreditar que o tempo parou para nós
E ousar declamar toda a poesia de nós.

Amar é querer ter asas e sobrevoar
Até onde jamais imaginamos que iriamos!
Rodopiar, enfrentar o horizonte e continuar
Em espiral até ao toque prazeroso que contemos.

Dois amantes que no silêncio de olhares
Difundem, a lanterna vozeirante,
Que encarna almas loucas e similares,
Delira de paixão e toca baladas a clarinete!

Somos nós, corpos suados e despenteados,
O leito em desalinho e as mãos coladas;
Una alma e coração! E, o tempo são feriados
Que nos vestem de vidas desejadas!

© RÓ MAR