25 de junho de 2016

MARCAS DE SAUDADE...


photo via Paulo Laureano Suzana Braga Tina Mandis Artes e Entretenimento



Marcas de saudade...


E quando saltas pela janela
Para me fazer uma visita
Isso é a coisa mais bela
Que me dás à minha vista

Vejo tua sombra enorme
Dependurada na abertura
E logo sinto uma fome
Para colmatar a minha agrura

Tenho dias em que a solidão
Me dá só para pensar em ti
Já que é essa a minha paixão
Por ti eu sempre me derreti

Ficam marcas de saudade
Quando tu de mim abalas
Essa é que é a grande verdade
Meu querer tu jamais calas

Não quero que te afastes de mim
Quero-te ter sempre a meu lado
Tu que és uma flor no meu jardim
És para mim um belo cravo

Um cravo que deita um cheiro
Que me inebria por demais
Eu te quero todo inteiro
Quero por ti dar os meus ais

E quando passo naquela esquina
Onde te vejo a aproximar
Meu olhar fica traquina
E olha no teu a se pasmar

És um Mago que sabe ser
Alimentas minhas fantasias
Contigo vem ao de cima o prazer
Desse Mago onde há magias

Tuas palavras silenciosas
Despertam todo o meu eu
São frases que de airosas
Fazem-me ir daqui ao céu

Armindo Loureiro