15 de junho de 2016

NAVEGUEI EM TI...


photo by Paulo Laureano Suzana Braga Tina Mandis Artes e Entretenimento



Naveguei em ti…


Uno as minhas mãos às tuas
Subo o rio junto contigo
E vejo nessas margens nuas
Algo de ti de que sou amigo

As nuvens pairam sobre nós
Neste tempo agreste e frio
Navego contigo a sós
E do teu casco jamais me rio

O vento que dispersa o céu
Nesse azul e branco de se ver
É um vento que se tornou meu
Quando a ti te leva o meu prazer

Materializei estas minhas quimeras
Num amor que tenho em mim
Há mulheres que são tão beras
Desconheço porque são assim

Repouso tranquilamente em teu leito
Escorrego por teu rio de mansinho
Jorra amor bem a preceito
No teu leito tu és meu miminho

Fico preso no teu belo olhar
Quando desces pelo rio abaixo
Há navios que se querem amar
E o teu é aquele onde eu encaixo

Iço a vela do meu amor
Viajo para além do tempo
O vento suão dá-me o seu ardor´
No calor daquele belo momento