3 de novembro de 2015

MINHA ROSA RUBRA


Imagem - IN$PiRATiON


MINHA ROSA RUBRA
 

Ruborizas-te ao ver-me...
Toquei-te e estremeceste...
Olhaste-me nos olhos e uma lágrima se escorreu.

Porque será que a felicidade é cúmplice na dor!?
O que sinto é deveras amor.

És a natureza mais bela, botão em flor,
E ainda mais linda ao brotar de lágrimas
Do teu ser de rosácea incandescente.

És o meu presente...
Não tremas, sou o teu porto seguro,
Quero apenas dar-te os carinhos que mereces,
Deixa-me sarar as feridas de que padeces.

Na palma da mão recolho as tuas lágrimas,
Quero fazer delas o rio das alegorias,
O infindável oceano verde, cor dos teus olhos.

Da vida tenho muitas experiências, mas nunca encontrei
O momento que hoje eclodiu...que quero agarrá-lo por ti e por mim.
  És a rosa mais rubra e cristalina que alguém imaginou, e, eu arrecadei.

Segue o meu olhar, vou-te ensinar os passos mágicos
Para uma caminhada de largos sorrisos, deixa-me desfolhar
As tuas sedosas pétalas e gravar em cada o beijo dos teus lábios.

És o meu paraíso, quanto o desejei...meu tesouro.
És o universo por que me apaixonei...o céu de alegrias.
Hoje sei que sou a alma que te faz sorrir e tu és universo em mim.

Minha rosa rubra que o teu triste olhar
Seja passado que o oceano levou nas correntes
Que invadiram nossos corações;
Que sejamos almas contentes,
E a nossa vida seja a maré das constelações;
A-M-O- T-E.

 © RÓ MAR